GRUPO GERADORES

 

“Inovação, Eficiência e Durabilidade”

 

 

MOTORES A GÁS

Motores a gás possuem um regime de operação diferente dos motores a diesel, principalmente para operação em base load (regime contínuo com carga total).  Dessa forma, não basta “retificar” o motor para funcionamento no regime ciclo Otto usinando os cabeçotes e os pistões.

Fabricar um motor 100% a gás exige uma industrialização total com redimensionamento do sistema de arrefecimento e lubrificação, dimensionamento correto da turbina, desenvolvimento da ignição e injeção eletrônica, pois o mais importante é que, para cada tipo de gás, existe uma calibração diferente para o correto funcionamento e durabilidade do motor.

Os motores industrializados na ERBR são testados através da utilização de um dinamômetro para potências até 1000 hp e os grupos geradores montados são testados através da utilização de um banco simulador de cargas, ou seja, o equipamento é entregue ao cliente com 100% de garantia de qualidade e operação.

BIOGÁS, BIOMETANO, GÁS NATURAL, SYNGAS, hidrogênio e glp

Os grupos geradores foram projetados para operar 24 horas por dia, 7 dias por semana, em regime de carga variável ou em base load (contínua com carga total) para geração distribuída e são equipados e configurados com “kits de injeção e controle” exclusivos para cada tipo de gás disponível.

Podem operar conectados em paralelo para atender às grandes demandas de energia, onde não há limites de equipamentos. A parada por qualquer motivo de um ou mais equipamentos não impede a continuidade do funcionamento dos outros.

A potência (kW/h) a ser gerada diariamente depende diretamente da disponibilidade e a qualidade do biogás, ou seja, o volume produzido (Nm3/h) e a quantidade de metano (CH4) presente no biogás.

Os custos de manutenção são baixos, pois todos os componentes são nacionais e estão disponíveis em todo território nacional.

FILTRAGEM DOS GASES COMBUSTÍVEIS

Para cada tipo de gás a ser utilizado, o aspecto mais importante a ser observado é a presença de contaminantes nocivos ao motor que devem ser filtrados, por exemplo:

  • H2S Gás sulfeto de hidrogênio (gás sulfídrico): pode ser encontrado em quantidades variáveis no BIOGÁS, SYNGAS e GÁS NATURAL DE “POÇO MADURO”;
  • SOX compostos de siloxanos cíclicos e lineares: podem ser encontrados em quantidades variáveis no BIOGÁS produzido em aterros sanitários e estações de tratamento de esgoto;
  • ALCATRÃO:  pode ser encontrado em quantidades variáveis no SYNGAS através da gaseificação principalmente de derivados de madeira.

 

(Quer saber mais? clique aqui e converse com a gente)